RICCIARDO e RAIKKONEN NÃO LIGAM para CARROS LENTOS
Por Sérgio Siverly em 07/11/2019, às 13h08

remove_red_eye  1687
Pilotos disseram que, se as corridas forem mais emocionantes, ninguém irá se importar com tempos de volta.
Kimi Raikkonen acredita que a F1 deve priorizar a qualidade das corridas, ao invés de voltas recordes em classificação. . As novas regras para a temporada de 2021 tornarão os carros cerca de três segundos por volta mais lentos, pelo menos, é o que a FIA acredita. Raikkonen pensa que um aumento no tempo das voltas é um preço que vale a pena pagar se a corrida melhorar como resultado. 🗣️"Não acho que três, quatro, cinco segundos façam alguma diferença. Na classificação, atualmente, somos rápidos, mas, nas corridas, provavelmente, somos cinco, seis segundos mais lentos com combustível e tudo mais.” https://youtu.be/hvRY308P-k8 🗣️“Acho que, mesmo se formos 10 segundos mais lentos, as pessoas assistirão as corridas se forem mais emocionante, ninguém vai se importar se formos mais lentos.” Daniel Ricciardo apoiou a visão de Raikkonen dizendo que "não se importa" se os carros forem três segundos mais lentos em 2021. 🗣️"Eu não me importo. Acho que, na verdade, um dos anos mais divertidos que tive na F1 foi 2014 e os carros eram oito segundos mais lentos do que são agora. Na verdade, eu estava na reunião dos pilotos e estavam transmitindo uma corrida de kart.” https://youtu.be/YCZrYsJVG20 🗣️“Tinham dois pilotos batalhando e eu fiquei muito empolgado assistindo. Eles estavam, provavelmente, a 80 km/h por hora. Qualquer corrida com disputa é emocionante.” 🗣️“Então, eu preferiria ter boas corridas do que recordes de voltas.”

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia