FERRARI está INCOMODADA com Max VERSTAPPEN
Por Sérgio Siverly em 05/11/2019, às 10h32

remove_red_eye  4689
Piloto holandês acusou a Scuderia de estar trapaceando com detalhes técnicos em seu carro.
O chefe da Ferrari, Mattia Binotto, respondeu às acusações de Max Verstappen após o Grande Prêmio dos EUA, insistindo que os comentários estão “completamente errados”. Verstappen disse à TV holandesa Ziggo Sport que o desempenho inferior da Scuderia em Austin foi o resultado de uma diretiva técnica publicada pela FIA no início do fim de semana que proibiria efetivamente um sistema complexo, possivelmente usado pela Ferrari, para aumentar o fluxo de combustível. 🗣️"É o que acontece quando você para de trapacear, eles deram uma boa olhada no sistema. Então agora temos que ficar de olho."
A diretiva da FIA foi uma resposta a uma pergunta da Red Bull que buscava esclarecimentos sobre um assunto que alimentou especulações nos últimos meses: a origem do aumento de desempenho da Ferrari desde o final das férias de verão da F1, com muitos sugerindo que o time estava explorando um esquema inteligente para contornar as restrições de fluxo de combustível. Binotto, decepcionado, abordou a conjectura, insistindo que o fraco desempenho de sua equipe no domingo não estava relacionado à potência do motor. 🗣️"Eu li e ouvi muitos comentários neste fim de semana sobre uma diretiva técnica e o impacto em nossos carros. Ouvi comentários no final da corrida que me parecem muito decepcionantes.”
🗣️"Na verdade, acredito que ontem estávamos muito perto da pole position como na última corrida. Acho que o Seb poderia ter marcado a pole ontem, mas talvez tenha sido um pouco cauteloso demais.” 🗣️"O Charles teve um problema pela manhã, perdendo completamente o terceiro treino e depois teve um rebaixamento no motor que montamos no carro. No geral, olhando para o desempenho dele no terceiro trimestre e o que poderia ter sido feito, sem o problema da manhã, tenho certeza de que ele também lutaria pela pole.” 🗣️"Então, não vejo onde está o problema.”
Binotto apontou a falta de aderência da Ferrari como o principal culpado pelo fraco desempenho de seus pilotos no Circuito das Américas. 🗣️"Se olharmos para a corrida de hoje, certamente a velocidade na reta não foi nosso problema, e sim a falta de aderência do carro. É o tipo de comentário - o de Verstappen - que está completamente errado no esporte. Não é bom para a categoria e acho que todos devem ser um pouco mais cautelosos.”

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia