McLAREN é o TIME que MAIS EVOLUIU nos EUA
Por Sérgio Siverly em 03/11/2019, às 14h01

remove_red_eye  1200
Pela 11ª vez no ano, a McLaren tem o carro que mais evoluiu em comparação com o fim de semana em 2018.
O Circuito das Américas pode estar mais ondulado do que há 12 meses, mas os carros da F1 conseguiram andar mais rápidos mesmo assim. Na frente do pelotão, Valtteri Bottas conseguiu diminuir em dois décimos o tempo da pole position do ano passado para estabelecer o novo recorde da pista. Atrás, outros times tiveram ganhos até maiores. O primeiro deles - pela 11ª vez neste ano - foi a McLaren. Não apenas encontraram mais tempo do que qualquer outro, a melhora do time de Woking foi mais de um segundo do que todas as outras equipes.
🗣️“É uma loucura. Um 32.8 por aqui, chegamos bem perto da pole do ano passado. Acho que a McLaren conseguiu uma grande evolução.” Disse Carlos Sainz Jr. que ficou com o sétimo melhor tempo no grid. O segundo time que mais evoluiu no Circuito das Américas foi a Red Bull - a maior melhora que conseguiram no ano. Max Verstappen, assim como Sebastian Vettel, também quebrou o recorde da pista do ano passado, mas, obviamente, não tanto quanto Bottas. Entretanto, a história foi a mesma no fim do pelotão. Apenas um time não conseguiu melhorar o tempo do ano passado e pela 13ª vez em 2019, esse time foi a Williams.
Confira a lista: McLaren: -2,447 Red Bull: -1,398 Toro Rosso: -1,249 Renault: -0,727 Haas: -0,271 Ferrari: -0,257 Mercedes: -0,208 Racing Point: -0,045 Alfa Romeo: -0,029 Williams: 0,001

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia