Equipe médica testa positivo para Covid-19 e fica de fora do GP da Turquia
O piloto Alan van der Merwe e Ian Roberts serão substituídos pela equipe da Fórmula E neste final de semana.
Por Sérgio Siverly em 07/10, às 13h42

A situação da pandemia, graças aos esforços da comunidade científica, está melhorando no mundo, mas a Covid-19 é uma doença perigosa que parece ter vindo para ficar.

Mesmo com todos os protocolos da F1, será impossível evitar ver membros da categoria testando positivo para o Sars-Cov-2.

Curiosamente, neste final de semana, a dupla do carro médico será substituída por justamente testar positivo para o coronavírus.

O piloto Alan van der Merwe e o delegado médico, Ian Roberts, que tornaram-se famosos pelos primeiros socorros à Romain Grosjean no GP do Bahrein de 2020, serão substituídos pelo piloto do carro de segurança, Bruno Correia e pelo delegado médico, Doutor Bruno Franceschini. Os dois trabalham no campeonato da Fórmula E.

Tanto van der Merwe quanto Roberts estão em isolamento e nem viajaram para a Turquia.

BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2022