Ferrari decide trocar unidade de potência do SF21 de Charles Leclerc na Rússia
Piloto monegasco terá que largar no final do grid em Sóchi, mas terá uma unidade de potência completamente nova em seu carro.
Por Sérgio Siverly em 23/09, às 09h04

Há algumas semanas esperávamos ver a Ferrari com um novo motor em seus carros. A decisão do time italiano foi tomada e Charles Leclerc terá a possibilidade de andar com a nova versão da unidade de potência em Sóchi.

Por causa da mudança, o piloto de 23 anos largará no fim do grid na corrida de domingo, caso a chuva não atrapalhe o evento.

Como o regulamento da F1 quase sempre confunde todos nós, acreditávamos que as equipes poderiam atualizar seus motores normalmente até o congelamento do desenvolvimento começar no ano que vem. Entretanto, as fabricantes só podem trazer uma atualização em 2021, o que significa que a Ferrari, por exemplo, estava usando motores do ano passado até agora.



A ideia da Ferrari é mais “ganhar experiência para o projeto de 2022”, mas será que o motor também trará mais potência para o SF21?

🗣”O Charles será o primeiro a ter o novo sistema híbrido. A decisão é uma medida de precaução relacionada a um potencial risco em usar o pacote de baterias danificado no acidente do GP da Hungria (...) Agora, o momento no qual atualizaremos o sistema híbrido do carro do Carlos...isso será decidido após uma avaliação com o equilíbrio correto entre competitividade e o impacto de uma penalidade”, disse o time em um comunicado à imprensa.

Vamos ficar de olho na Ferrari de Leclerc neste final de semana.

BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2022