RENAULT apresenta PREJUÍZO pela 1ª vez após VOLTA
Por Sérgio Siverly em 13/09/2019, às 17h38

remove_red_eye  1451
Time teve aumento na receita, mas queda na renda durante a temporada de 2018.
O time da Renault na F1 gerou mais receita em 2018 em comparação com os anos anteriores, mas a equipe de Enstone teve o seu primeiro ano de prejuízo nos últimos 36 meses. Os melhores resultados na temporada passada - marcado pelo quarto lugar na tabela de construtores - ajudou a aumentar os patrocínios levando a receita de £136.3m em 2017 para £146.6m em 2018. Entretanto, a renda foi no caminho oposto, minguando de £1.1m de lucro em 2017 para uma significativa perda de £4.7m no ano passado. https://youtu.be/jYWc06KnEDA 🗣“Apesar do contínuo crescimento após a rotatividade, os resultados financeiros deterioraram pela primeira vez em três anos. O impacto negativo da força da Libra em relação ao Euro e Dólar Americano era esperado.” Disse a Renault em comunicado. 🗣“Quase toda rotatividade é denominada em Euro e Dólar Americano, enquanto a maioria dos custos é determinada pela libra esterlina.” As contas do time também refletem no investimento crescente da montadora francesa na F1, com o número de colaboradores subindo de 606 em 2017 para 676 em 2018, um aumento que adicionou £9.4m nos custos anuais. 🗣“Enquanto o maior investimento requerido no início está completo, existem grandes projetos pela frente para 2019 e também para os próximos anos, tudo para que possamos atingir o objetivo a longo prazo que é de ser campeão mundial de construtores.”

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia