Portugal pode voltar ao calendário da F1 em 2021 e China pode ver corrida ser cancelada
Os circuitos do Algarve e de Ímola podem substituir a etapa da China da F1 nesta temporada.
Por Sérgio Siverly em 07/01, às 09h26

Como dissemos anteriormente, apesar de muitos até acharem que ela não existe, a pandemia continua e o calendário da F1 deve começar a passar por mudanças devido ao aumento no número de casos em vários países pelo mundo.

Com a estranha situação na China, com tentativas do governo de esconder o número de casos parecendo alguns outros países por aí, a corrida no Circuito Internacional de Xangai corre o risco de ser, no mínimo, adiada.

Além disso, o número de infecções na Europa aumenta perigosamente, o que inclusive levou o Reino Unido ao seu terceiro Lockdown.

Como já publicamos nesta semana, o GP da Austrália deve ser adiado e a temporada 2021 tem tudo para começar no Bahrein, além do país receber os testes de pré-temporada.

LEIA TAMBÉM: GP da Austrália pode ser adiado e Bahrein deve receber pré-temporada em 2021

A jornalista espanhola, Noemí de Miguel, publicou ontem em sua conta no Twitter, que a F1 está criando um “Plano B” que levaria a F1 para duas corridas na Europa após a passagem pelo Bahrein.



Portanto, a temporada deve começar no dia 28/03 no Bahrein, acredita-se que a F1 não tem interesse em repetir a rodada dupla que aconteceu em 2020. De Sakhir, o circo da categoria iria para Ímola no dia 18/04 e para o Algarve no dia 02/05.

O GP da Austrália seria adiado para o dia 21/11, o que obrigaria o GP do Brasil a ser seguido das etapas nos Estados Unidos e México, numa rodada tripla nas Américas, mas é importante lembrar que os três países ainda estão entre os mais infectados no mundo.

Após a corrida em Melbourne, a F1 iria para a Arábia Saudita no dia 05/12 e fecharia o campeonato (esperamos que com disputa pelo título) em Abu Dhabi, no dia 12/12.

Sérgio Siverly
O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2021