MERCEDES anuncia WOLFF como CEO do TIME de F1
Toto Wolff continua como diretor, além de assumir o cargo de CEO após assumir 1/3 das ações da Mercedes.
Por Sérgio Siverly em 18/12, às 09h52

A Daimler anunciou que vendeu parte da sua equipe na F1, aumentando as participações da Ineos e do diretor, Toto Wolff.

Junto com a nova estrutura anunciada nesta sexta-feira, Wolff confirmou que permanecerá como chefe da equipe e CEO pelos próximos três anos.

A Daimler vai reduzir sua participação de 60%, já que ela, a Ineos e Wolff ficam com um terço cada das ações.



O presidente da Daimler e Mercedes, Ola Källenius, descreveu a fabricante petroquímica Ineos como uma “investidora de prestígio” que vê “potencial real para o crescimento e desenvolvimento futuro da equipe”.

O futuro de Wolff na Mercedes foi objeto de especulação por boa parte do ano. Anunciando sua maior participação na equipe hoje - anteriormente ele detinha 30% das ações - Wolff disse que a Mercedes é "como uma família".

🗣“Já passamos por tantos altos e baixos juntos que não consigo imaginar trabalhar com um grupo melhor de pessoas neste esporte - e estou muito feliz de continuar nesta nova era.”



A Ineos ingressou na Mercedes como “parceira principal” em um negócio de cinco anos no início deste ano. As discussões do presidente, Jim Ratcliffe, para aumentar seu envolvimento começaram logo depois.

A Mercedes ainda não confirmou se Lewis Hamilton continuará no próximo ano. No entanto, o heptacampeão mundial indicou no fim de semana passado que espera fechar um novo acordo antes do Natal.

Sérgio Siverly
O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2021