Fãs são assediadas na arquibancada do GP da Áustria
Mulheres reportaram abuso de torcedores durante a corrida no Red Bull Ring no último domingo.
Por Sérgio Siverly em 11/07, às 11h44

Uma coisa que sempre falo nos vídeos do BOTECO F1 é a minha preocupação com a “futebolização” da F1.

No futebol, infelizmente, normalizou-se a má educação, a violência e a idiotice.

Nos últimos anos, a categoria ganhou muita popularidade e com a quantidade surgem pessoas que não estão acostumadas com o clima do esporte e o excesso de expressão de ódio nas redes sociais inflamam ainda mais indivíduos que não deveriam nem se aproximar de um autódromo.

Há alguns anos, fizemos um vídeo mostrando como várias mulheres são assediadas no Autódromo de Interlagos por “homens” que se dizem “homens”. O assédio é tanto que várias garotas decidem ir para a corrida em São Paulo com calças e roupas mais longas, mesmo com altas temperaturas, para evitar esse comportamento bizarro e hediondo dos imbecis que se acham no direito de arruinar a experiência de alguém.

Pois é, não é só no Brasil que isso acontece. Ontem, no Red Bull Ring, várias garotas reportaram abuso de fãs. Algumas tiveram suas saias levantadas por outros “torcedores”.

Uma fã de Lewis Hamilton disse que “fãs” de Max Verstappen disseram que ela “não merecia respeito por torcer por Lewis Hamilton”.

A Mercedes ficou sabendo disso após relatos nas redes sociais e foi até a arquibancada para resgatar a garota que foi levada para a garagem da equipe no Red Bull Ring.

🗣“Isso precisa acabar. Se você é fã da F1, de qualquer equipe, de qualquer piloto, você não pode ser racista, sexista e não pode ser homofóbico porque então você não se encaixa na F1 e nós não queremos você”, disse o diretor da equipe alemã, Toto Wolff.

O tetracampeão Sebastian Vettel também falou sobre o episódio inaceitável.

🗣“Eu acho que é bom que essas coisas sejam divulgadas, isso já é um começo. Mas é horrível. Quem quer que sejam essas pessoas, elas deveriam ter vergonha de si mesmas e deveriam ser banidas dos eventos para sempre”.

BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2022