MERCEDES NÃO tem CONTROLE sobre FUTURO de RUSSELL
Toto Wolff disse que conversou com Williams, mas que no final, é o time que decide se Russell fica.
Por Sérgio Siverly em 26/10, às 08h47

Na semana passada, rumores de que Sergio Pérez poderia assumir a vaga de George Russell na Williams surgiram.

No último final de semana em Algarve, os novos donos da equipe se recusaram a dar informações sobre o futuro de seus pilotos, uma decisão que pode ser vista como alarmante por alguns e sem significância alguma para outros.

Já o diretor em exercício da Williams, Simon Roberts, afirmou que nada mudou em relação as vagas nos carros em 2021.



Entretanto, Toto Wolff, diretor da Mercedes - equipe na qual Russell é piloto da academia - disse que a marca alemã não tem nenhum controle sobre o que pode acontecer com o jovem britânico na Williams.

🗣”No final, quem decide é a Williams. Todos sabemos da capacidade do George. Ele é uma estrela do futuro que ainda não perdeu para seus companheiros de equipe na Fórmula 1”, disse Wolff.

🗣”Às vezes, ele é capaz de mostrar bom desempenho em um carro que não é competitivo e acho que ele é um grande nome para o time, mas obviamente, existe uma realidade financeira que não posso julgar e depende dos novos donos e do Simon decidir o que fazer para o futuro”.



O diretor da Mercedes confirmou que a montadora tem conversado com a Williams sobre a situação de Russell.

🗣”Conversamos com eles sobre o George, mas no final, como disse, o carro é deles”.

Ainda em julho, sob a administração de Claire Williams, o time renovou o contrato dos dois pilotos atuais, mas com a venda para a Dorilton Capital, tudo pode ser anulado, o que coloca um sinal de interrogação no futuro de Russell e Latifi.



O piloto canadense estaria com a sua vaga garantida devido aos patrocinadores - seu pai - e como Pérez também tem muitas empresas ao seu lado, a Williams poderia lhe atrair para fechar contrato com o mexicano, deixando Russell sem vaga no grid, algo muito parecido com o que aconteceu com Esteban Ocon em 2019.

Seja o que for acontecer, nós não devemos esperar muito para ver qual será a decisão da Williams.

Sérgio Siverly
O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2020