Um dia depois de SAIR da F1, HONDA RENOVA com INDY
Montadora japonesa continuará como fornecedora da categoria até o final desta década.
Por Sérgio Siverly em 03/10, às 16h00

Um dia depois de anunciar que sairá da F1 no final de 2021, a Honda confirmou que permanecerá na IndyCar Series como fornecedora de motores ao lado da Chevrolet até o final da década.

O departamento de motores da Honda na categoria estadunidense não é o mesmo do existente na F1, mas mesmo assim, é curioso ver a montadora japonesa permanecendo em uma categoria de fórmula que usará motores híbridos em breve.

Em 2023, a Indy terá motores V6 twin-turbo e tanto a Honda quanto a Chevrolet serão fornecedoras da categoria até o fim de 2029.



🗣”A Honda recepciona este passo para o futuro da IndyCar, uma escolha que casa com os esforços da marca no desenvolvimento e construção de produtos de alto desempenho, elétricos que encontram-se com os desafios da indústria e desejos de nossos clientes”, disse o presidente da Honda Performance Development, Ted Klaus, ao site da IndyCar.

Ontem, a montadora disse que não tem projeto para entrar na Fórmula E, mas a renovação do contrato com a Indy pode indicar alguma vontade da Honda em permanecer em certas categorias automobilísticas.

Vamos esperar pelos próximos capítulos.

Sérgio Siverly
O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2020