FALHA do MOTOR HONDA não é "PEQUENO"
Problema enfrentado pela unidade de potência nas últimas corridas está preocupando a Honda.
Por Sérgio Siverly em 15/09, às 09h55

A Honda está preocupada com os últimos dois problemas em sua unidade de potência. Tanto em Monza quanto em Mugello, Max Verstappen enfrentou dificuldades com potência.

🗣”Estamos investigando a causa do problema. No momento, não posso te dizer se a falha continuaria ou se ele teria que abandonar, mas o problema não é pequeno. O impacto foi grande. Então, é uma situação muito difícil”, disse o diretor técnico da Honda F1, Toyoharu Tanabe, ao site britânico, The Race.

Tanabe-san refere-se à falta de potência experienciada por Verstappen na largada do GP da Toscana. O holandês até saiu bem de sua posição no grid, mas começou a cair para trás com a falha na unidade de potência. Inclusive, o piloto disse que, provavelmente, teria abandonado a prova de qualquer jeito, mesmo se não tivesse envolvido-se no acidente da primeira volta.




A Honda investigará a falha em seu departamento de pesquisa e desenvolvimento em Sakura, Japão, antes de decidir o que fazer em seguida. Verstappen ainda pode trocar sua unidade de potência sem tomar punição.

Não seria curioso que a própria Red Bull que tanto lobby fez para o fim da troca de modos de motor durante a corrida ser a equipe mais afetada pela regra?

Sérgio Siverly
O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2020