BOTTAS acredita que FIA pode MUDAR processo com SC
Finlandês acredita que a FIA está tirando o SC da pista mais tarde para melhorar o espetáculo.
Por Sérgio Siverly em 14/09, às 12h17

Valtteri Bottas disse que não teve nenhuma responsabilidade no acidente da primeira relargada do GP da Toscana, no último domingo.

🗣”É permitido que corramos à partir da linha de corrida, algo que já existe há algum tempo, eu acho. A decisão neste ano do Safety Car apagar as luzes foi bem tardia, então, você só consegue construir a distância muito tarde”, disse o piloto após a prova.

🗣”Claro que quando você está na liderança, tenta maximizar suas chances. Não tenho culpa nenhuma por isso. Eu estava numa velocidade constante até retornar a corrida. Sim, fui tarde, mas começamos a prova depois da linha de corrida, não antes”.




A linha de corrida que Bottas refere-se é a famosa “linha do Safety Car”. Como dissemos no BOTECO F1 AO VIVO do último domingo, ninguém pode ultrapassar ninguém antes dela, algo que o finlandês relembrou.

🗣”Então, os caras que bateram por causa disso, eles podem olhar no retrovisor, não mudará nada reclamar disso”.

Bottas, inclusive, acredita que as relargadas estão acontecendo bem tardiamente (Em relação a decisão do Safety Car de voltar para os boxes) para dar uma maior chance aos pilotos que vem de trás de atacar os líderes.

🗣”Acho que a FIA ou a FOM, não sei quem decide isso, mas eles estão tentando melhorar o espetáculo ao desligar as luzes bem tarde, então, você não consegue criar uma diferença antes e já está na curva antes da reta principal. Então, talvez seja a hora de pensar se isso é certo ou seguro de se fazer”.

Sérgio Siverly
O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2020