12 pilotos são ADVERTIDOS por ACIDENTE em MUGELLO
FIA notificou 12 pilotos após analisar o acidente na primeira relargada do GP da Toscana.
Por Sérgio Siverly em 14/09, às 08h57

A FIA advertiu 12 pilotos pelo acidente que aconteceu na primeira relargada do GP da Toscana.

Daniil Kvyat, Nicholas Latifi, Kevin Magnussen, Alexander Albon, Lance Stroll, Daniel Ricciardo, Sergio Perez, Lando Norris, Esteban Ocon, George Russell, Antonio Giovinazzi e Carlos Sainz foram advertidos pelo acidente.

🗣”Os comissários concluíram que a causa principal do acidente foi a inconsistência na aplicação do acelerador e freio, desde a última curva até a reta principal, pelos pilotos citados acima”, está no comunicado da FIA.




🗣”Os comissários reconhecem os desafios com a linha central deste circuito, assim como o desejo dos pilotos em ganhar vantagem na relargada. Entretanto, este incidente demonstra a necessidade por cautela que precisa ser exercida nas relargadas e reconhece que existiu um efeito dominó que cresceu dramaticamente com a movimentação do pelotão”.

🗣”Também reconhecemos que alguns pilotos poderiam ter evitado envolvimento no acidente, se não tivessem seguido diretamente o carro da frente. Ao fazer isso, eles efetivamente bloquearam toda a visibilidade do que estava acontecendo imediatamente à frente do carro a seguir”.

🗣”Uma advertência foi imposta , pois a visão dos comissários é que nenhum piloto teve culpa total pelo acidente”.




Como dissemos no BOTECO F1 AO VIVO de ontem, Valtteri Bottas não foi considerado culpado, pois não fez nada de errado de acordo com as regras atuais.

🗣”Também notamos que o piloto do carro 77 e outros pilotos envolvidos na relargada que não foram citados, estão de acordo com o regulamento. O carro 77 teve o direito de ditar o ritmo pelo regulamento”.

Sérgio Siverly
O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2020