VERSTAPPEN surpreende e VENCE GP de 70 ANOS da F1
Max Verstappen conseguiu vencer as poderosas Mercedes no circuito de Silverstone.
Por Sérgio Siverly em 09/08, às 12h13

Max Verstappen surpreendeu as Mercedes com uma boa estratégia da Red Bull para vencer o GP de 70 anos da F1 em Silverstone.

O holandês se classificou no Q2 usando pneus duros, o que foi fundamental para sua corrida. Na largada, ele ultrapassou Nico Hulkenberg para assumir a terceira posição e começou a pressionar as Mercedes que tiveram problemas com os pneus médios.

Inclusive, a Red Bull pediu para Verstappen sair de perto de Lewis Hamilton para evitar que os pneus superaquecessem, mas o piloto disse que não “iria dirigir como uma vovó” e que era um dos raros momentos no qual ele podia seguir os carros das flechas de prata.




Valtteri Bottas foi o primeiro dos líderes a parar, seguido de Hamilton. Quando assumiu a liderança, o holandês começou a acelerar e quase conseguiu construir a vantagem necessária para parar e ainda voltar na frente.

Mas saiu dos pits logo atrás de Bottas e o ultrapassou ainda no primeiro setor de Silverstone. Verstappen voltou com pneus médios e logo parou ao mesmo tempo que Bottas para voltar com pneus duros.

Apesar de bolhas gigantes em seu pneu, Hamilton atrasou sua parada para ter mais ritmo no final da corrida. Depois que saiu dos pits, ultrapassou Charles Leclerc e partiu para cima de Bottas, passando-o com facilidade, mas não conseguiu se aproximar de Verstappen que já tinha 11 segundos na liderança.




A Racing Point estava em quarto e quinto com seus carros, mas foi ultrapassada por Leclerc e Alexander Albon. Nico Hulkenberg parou para troca de pneus no final da corrida e terminou atrás de Lance Stroll.

Esteban Ocon foi o oitavo, seguido por Lando Norris e Daniil Kvyat. Daniel Ricciardo e Sebastian Vettel rodaram durante a corrida e terminaram em 14º e 12 º respectivamente. Kevin Magnussen foi o único piloto a abandonar a corrida.

Sérgio Siverly
O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2020