Indícios apontam para APOSENTADORIA de VETTEL
Tetracampeão mundial está sem muitas opções no grid da F1 após anunciar sua saída da Scuderia Ferrari.
Por Sérgio Siverly em 14/05, às 13h51

O diretor da Mercedes, Toto Wolff, disse que a equipe pretende manter sua dupla de pilotos intacta para 2021, mas confessa que a disponibilidade de Sebastian Vettel no mercado é algo para se levar em consideração.

Tanto Lewis Hamilton quanto Valtteri Bottas estão sem contratos assinados com a equipe para o ano que vem.

🗣“O Sebastian é um grande piloto, com uma grande personalidade e um bem de qualquer time de F1. Quando olhamos para o futuro, nossa fidelidade fica com os pilotos atuais da Mercedes, mas naturalmente, precisamos considerar os desenvolvimentos”, disse Wolff.




A possibilidade da Mercedes ter Lewis Hamilton e Sebastian Vettel é pequena, pois a montadora está cortando custos em todas as áreas no momento e, ter dois pilotos caros no programa da F1 parece ir contra a filosofia atual dos diretores.

É provável que Hamilton renove o seu contrato para o que seria seus últimos anos na categoria, enquanto Bottas é ameaçado pelo britânico George Russell, atualmente na Williams, mas que pertence à academia de pilotos alemã.

O tetracampeão estaria negociando com a Renault já há algum tempo, mas Vettel disse que iria considerar muito se seria interessante para sua carreira andar numa equipe de meio de pelotão, pois mesmo com a vontade da equipe francesa em voltar aos títulos, a decisão de Daniel Ricciardo em deixá-los aponta para uma falta de confiança nesse projeto.




Alguns jornalistas e fãs sugeriram a possibilidade da Aston Martin lhe contratar. A marca de carros luxuosos volta ao grid no ano que vem, mas até o momento, nada aponta para uma mudança em seus pilotos, já que Sergio Pérez tem contrato até 2023 e Lance Stroll...Bem, você já sabe.

A Mercedes seria a única equipe capaz de entregar um carro no qual o piloto alemão de 32 anos poderia lutar por títulos, mas com tudo o que sabemos, no momento, parece que o destino de Sebastian Vettel pode ser a aposentadoria da categoria, a não ser que os shareholders da estrela de três pontas decidam colocar a mão no bolso no meio de uma crise financeira.

Sérgio Siverly
O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2020