Equipes da F1 querem ADIAR NOVOS CARROS para 2022
Por Sérgio Siverly em 18/03/2020, às 08h32

remove_red_eye  1356
Crise do Coronavírus e falta de teto orçamentário podem levar ao adiamento dos novos carros para 2022.
De acordo com informações do conceituado site alemão Auto Motor und Sport, a maioria das equipes da F1 estão querendo adiar a introdução dos novos carros da categoria para 2022. A crise global do Covid-19 deve trazer prejuízos às equipes, organizadores e donos dos direitos comerciais da F1, já que algumas corridas devem deixar o calendário por causa dos adiamentos e cancelamentos como medidas para evitar uma curvatura mais acentuada do contágio nos países, além da falta de datas disponíveis. Além disso, algo que incomodou a maioria dos times é que o teto orçamentário ainda não está em vigor, o que leva ao desenvolvimento de dois modelos - o de 2020 e o de 2021 - ao mesmo tempo e sem restrições, o que tende a elevar imensamente os custos de produção das equipes.
Dessa forma, a tendência ainda seria ver os times com maior orçamento saindo na frente no novo regulamento. É por isso que a maioria do grid pretende conseguir adiar a introdução dos novos carros para 2022. A crise do Coronavírus só piora o início das novas regras no ano que vem, já que grande parte da receita dos times vem do valor pago pelos promotores das provas do campeonato, portanto, com o menor número de eventos, menor será o valor compartilhado pelas equipes da F1. Segundo o Amus, uma decisão pode ser anunciada nas próximas semanas.

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia