PROTESTOS iriam AGITAR bastidores na AUSTRÁLIA
Mercedes e Racing Point teriam que lidar com protestos no que seria a rodada de abertura da Fórmula 1.
Por Sérgio Siverly em 17/03, às 11h47
Enquanto nós ainda falávamos de F1, a Mercedes foi obrigada a mudar o design de seus dutos de freio traseiros antes do que seria a rodada de abertura da temporada. As mudanças foram feitas após a FIA enviar uma diretiva técnica depois de uma reclamação da Red Bull que questionava a legalidade do sistema de freios do W11. Os engenheiros da Red Bull acreditavam que os dutos traseiros dos freios da Mercedes não estavam de acordo com o regulamento técnico da F1, mais precisamente do artigo 11.5 relevante à distância da montagem dos dutos em relação aos freios.
De acordo com a publicação alemã, Auto Motor Und Sport, a Mercedes foi obrigada a mudar seu design para entrar no regulamento. Mas os questionamentos sobre a legalidade do W11 não param por aí, pois Helmut Marko da Red Bull disse que a equipe austríaca iria protestar contra o Sistema de Direção Dupla da Mercedes, conhecido como DAS. 🗣“Do nosso ponto de vista, o sistema não respeita as regras. Nossos advogados estão checando para ver se o DAS é legal. Protestaremos se a Mercedes usá-lo”. https://youtu.be/hq99Qy2KNC0 Rumores também indicam que a Renault iria protocolar um protesto contra o carro da Racing Point que lembra o W10 da Mercedes de 2019. Pelo jeito, de uma forma ou outra, o GP da Austrália iria pegar fogo.
Sérgio Siverly
O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.
BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2020