Para Zak Brown, McLaren não disputará título da F1 até 2024
O CEO da McLaren, Zak Brown, sugeriu que a equipe não estará em posição de disputar títulos de F1 até 2024.
Por Lucas Leite em 14/01, às 11h07
Ir para a notícia original

O CEO da McLaren, Zak Brown, sugeriu que a equipe não estará em posição de disputar títulos de F1 até 2024. O time britânico melhorou muito nas últimas temporadas sob a gestão do americano Brown e do chefe da equipe Andreas Seidl, depois de lutar no meio do grid na última década.

O australiano Daniel Ricciardo conquistou a primeira vitória da McLaren desde 2012 na Itália no ano passado, além de várias performances fortes de Lando Norris. Apesar das conquistas, a equipe britânica terminou na quarta colocação no campeonato de construtores, atrás da Ferrari.

Depois de superar as dificuldades financeiras com injeções de dinheiro, Brown acredita que a equipe agora tem uma base para montar uma campanha pelo campeonato, mas sugeriu outra espera de dois anos antes de consolidar seu status no topo.

“Como todos sabem, tivemos nossos desafios em 2020 financeiramente e todos eles foram resolvidos. E agora estamos empregando nossos recursos máximos para recuperar a infraestrutura técnica dentro do limite orçamentário”, disse Brown.

O CEO ressaltou o trabalho no novo túnel de vento e afirmou que a equipe está financeiramente saudável. “O túnel de vento está em construção pesada. Nós temos muito investimento, então estamos financeiramente muito saudáveis. Então, na pista, queremos continuar a cada ano até termos nossa infraestrutura instalada, o que, infelizmente, não será até a temporada de 2024”.

“Não estará completo por mais 18 meses e, claro, é quando você começa a desenvolver o carro de 24 e faremos o melhor com o que temos, mas certamente não será até 24 que podemos dizer temos tudo o que precisamos”, afirmou Brown.


BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2022