LECLERC e VETTEL terão TRATAMENTO IGUAL em 2020
Por Sérgio Siverly em 12/02/2020, às 14h47

remove_red_eye  823
Ao contrário do discurso do ano passado, Mattia Binotto confirmou que seus pilotos estão livres para correr.
O diretor da Ferrari, Mattia Binotto, disse que a equipe deixará seus dois pilotos livres na pista durante a temporada de 2020. Sebastian Vettel e Charles Leclerc poderão lutar entre si por posição, apesar da dupla colidir durante a penúltima rodada do campeonato do ano passado no Brasil. No início de 2019, a Ferrari tinha uma política na qual Vettel tinha tratamento preferencial em determinadas situações. No entanto, ele foi superado por Leclerc e enquanto o contrato do tetracampeão expira no final desta temporada, o monegasco já renovou.
Falando no lançamento do novo carro da equipe na última terça-feira, Binotto comparou a situação atual há 12 meses e indicou que a dupla terá tratamento igual em 2020. 🗣"Acho que um ano depois as coisas se desenvolveram. Charles agora tem um ano de experiência conosco. Eu acho que no ano passado, dissemos que o Seb seria o primeiro piloto. Penso que, depois de um ano, ambos provaram que podem lutar pelos melhores resultados. Eles estão no mesmo nível.” No entanto, Leclerc disse que espera que a dupla tome medidas para garantir que não haja uma repetição do acidente que tirou os dois do GP Brasil.
🗣"As margens provavelmente serão um pouco maiores para ficarem mais seguras. Acho que nós dois aprendemos a lição com o que aconteceu no Brasil. Então, sim, é claro que somos livres para competir.” Disse o piloto de 22 anos. 🗣“Mas, por outro lado, somos companheiros de equipe, muitas pessoas trabalham nos bastidores para que possamos apresentar o nosso melhor na pista.”

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia