FERRARI buscou COMPACTAR tudo no SF1000
Por Sérgio Siverly em 12/02/2020, às 13h51

remove_red_eye  1524
Mattia Binotto disse que o trabalho dos engenheiros da Ferrari deve dar mais pressão aerodinâmica ao carro.
O diretor da Ferrari, Mattia Binotto, disse que a equipe adotou "conceitos extremos" em seu novo carro para a temporada de 2020. O objetivo dos engenheiros de Maranello foi aumentar a pressão aerodinâmica em seu novo modelo, o que era a principal fraqueza do SF90. 🗣"O regulamento permanece estável, por isso é realmente difícil transformar completamente o carro. O ponto de partida é o modelo do ano passado, o SF90, mas, certamente, fomos extremos em todos os conceitos, tanto quanto pudemos.” Disse Binotto na apresentação do SF1000.
🗣“Nós desenvolvemos o carro, tentamos procurar o máximo desempenho aerodinâmico na primeira tentativa de maximizar o nível de downforce. Então, o carro inteiro, o monocoque, o layout da unidade de potência, a caixa de câmbio foram realmente embalados de forma a serem mais compactos. Eu acho que isso é bem visível.” A Ferrari também revisou o design de sua suspensão em uma tentativa de oferecer aos seus pilotos uma gama maior de opções de configuração de pista para pista. 🗣"A suspensão foi projetada para ter maior flexibilidade na pista. Acho que, obviamente, tentando adaptar a configuração ao que melhor se adequa aos dois pilotos, seja qual for o circuito."
Enquanto o carro é baseado no design do ano passado, Binotto diz que o produto final é consideravelmente diferente do SF90. 🗣“Nós nos esforçamos muito para manter o peso baixo. Trabalhamos muito na unidade de potência, não apenas no pacote, mas em cada componente, tentamos, obviamente, melhorar o desempenho, mas também lidar com as mudanças do regulamento técnico, pois o consumo de óleo será reduzido em 50%.” 🗣"Portanto, pode parecer muito semelhante ao do ano passado, mas acredite, é completamente diferente e muitos conceitos são muito extremos nesse carro.”

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia