A ASTON MARTIN está DE VOLTA para a FÓRMULA
A Aston Martin está de volta para a categoria após compra de Lawrence Stroll.
Por Sérgio Siverly em 31/01, às 07h30

A Racing Point deve mudar de nome em 2021, tornando-se Aston Martin após o seu maior acionista - 16.7% - Lawrence Stroll, adquirir a montadora por 182 milhões de Libras.

A Aston Martin passava por uma crise após ter queda em ações, como foi revelado pelos sites RaceFans e Autocar.

De acordo com os termos do acordo publicados na bolsa de Londres nesta sexta-feira, a Racing Point irá se tornar a equipe de fábrica da Aston Martin à partir de 2021, num contrato de 10 anos.

O atual acordo da empresa com a Red Bull, acredita-se, custa 20 milhões e irá terminar no fim desta temporada, mas a parceria tecnológica com a equipe austríaca continua até o final das entregas do Valkyrie, um hiper carro desenvolvido em parceria com o time e a montadora.

Os últimos modelos devem ser entregues até o fim do ano.

Sérgio Siverly
O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2020