Zandvoort ‘esconde’ dados de equipes da F1 para tornar GP da Holanda “imprevisível”
Por Thiago Cartoni em 21/01/2020, às 10h04

remove_red_eye  1086
Chefes de Zandvoort estão atrasando a liberação de todos os dados da pista para as equipes.
As equipes de Fórmula 1 normalmente fazem um grande esforço nos preparativos para cada corrida. Na esperança de tornar as coisas um pouco mais imprevisíveis para o retorno do GP da Holanda, o site Motorsport.com apurou que os engenheiros de Zandvoort estão limitando a quantidade de informações que as equipes podem obter. 🗣"Todas as equipes de F1 trabalham cientificamente, portanto, se fornecermos todos os dados, eles os inserem em seus programas de simulador em pouco tempo. É exatamente isso que não queremos que aconteça." 🗣"Queremos que os pilotos saiam à pista durante o treino de sexta-feira para encontrar a melhor configuração possível. Isso é um pouco old school e torna o fim de semana provavelmente um pouco imprevisível.” 🗣"Normalmente, as equipes de Fórmula 1 são um pouco cautelosas durante os treinos de sexta-feira, para economizar pneus para o resto do fim de semana. Mas acho que os pilotos de Fórmula 1 farão ainda mais voltas na sexta-feira do que durante a corrida de domingo, por causa da nova pista.” 🗣"Todos estarão no caminho certo no começo do TL1. Eles terão que aproveitar ao máximo os treinos de sexta-feira para reunir informações para a melhor configuração possível no sábado e domingo."
O trabalho de construção está em andamento em Zandvoort para elevar a pista ao padrão da F1, além de renovar a curva 3 e a curva final. 🗣"A curva de Luyendyk será um pouco mais espetacular do que pensávamos inicialmente. Isso é porque esta curva será dois metros mais alta do que antes. Isso significa que os pilotos vão descer um pouco quando entram na reta principal. Essas diferenças de altura tornam ainda melhor para os pilotos de Fórmula 1."

Apoiador e membro do BOTECO F1. Torne-se também um apoiador através do site Apoia.se. 🤗

Desenvolvido por
Contém Tecnologia