Fernando Alonso não renova com McLaren e deixa de ser embaixador da equipe
Por Thiago Cartoni em 20/01/2020, às 17h04

remove_red_eye  1259
Bicampeão da categoria máxima do automobilismo encerra relação formal com a equipe britânica.
Fernando Alonso não renovou com a McLaren e deixa de ser embaixador da equipe da Fórmula 1. Após sair da categoria máxima do automobilismo mundial pelo time britânico no fim de 2018, o piloto passou a exercer o cargo na escuderia laranja de Woking. 🗣"Fernando é um piloto de classe mundial e desejamos-lhe felicidades para o futuro. Embora nosso relacionamento tenha chegado a uma conclusão natural, ele sempre permanecerá parte da família McLaren", disse um porta-voz do time ao Motorsport.com. Assim, o piloto não deve guiar pela equipe na categoria norte-americana de monopostos, incluindo a Indy 500, e pode ficar com o futuro livre para retornar à F1 no campeonato de 2021. Neste ano, o campeonato de elite do esporte a motor terá mudança de regulamentos. Recentemente, o CEO da McLaren, Zak Brown, assumiu culpa pelo fracasso nas 500 Milhas de 2019. No Dakar, Alonso declarou que não era velho demais para a F1. O espanhol disse ainda que vai focar na Indy 500 de 2020 e usará o segundo semestre para se preparar para 2021. https://www.youtube.com/watch?v=Qs-xhb_HKrY Para uma volta à F1, Alonso quer um projeto vencedor. Neste sentido, há poucas portas abertas na categoria, já que Verstappen renovou com a Red Bull até 2023, Leclerc fica na Ferrari até 2024 e Hamilton deve acertar com a Mercedes para 2021. De todo modo, as outras vagas das três principais equipes não têm dono para o ano que vem. Na McLaren, Sainz e Norris já estão contratados.

Apoiador e membro do BOTECO F1. Torne-se também um apoiador através do site Apoia.se. 🤗

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia