Helmut Marko sobre saída de Carlos Sainz Jr: "Não é Verstappen"
Por Thiago Cartoni em 20/01/2020, às 10h46

remove_red_eye  1116
Chefão da Red Bull disse não se arrepender de ter permitido que Carlos Sainz deixasse o programa de pilotos.
Consultor da Red Bull na Fórmula 1, Helmut Marko disse que não se arrepende de ter permitido que Carlos Sainz deixasse o programa de pilotos do grupo austríaco. Segundo o chefão da RBR, o espanhol da McLaren “não é Verstappen”. Em entrevista exclusiva ao Motorsport.com, Marko foi questionado sobre se estava arrependido por deixar Sainz partir: “Não. Sainz estava com Max Verstappen na Toro Rosso e tivemos que escolher qual dos dois promover”. 🗣"Carlos é rápido, e não o contrataríamos se não fosse por isso, mas ele não é Verstappen. Ajudamos Carlos em sua carreira e não tivemos que deixá-lo ir. Mas permitimos a ida para a Renault e depois para a McLaren" 🗣"Temos um bom relacionamento, mas naquele momento havia um Verstappen por lá, e há uma diferença de desempenho entre os dois”, ponderou o dirigente austríaco, famoso pelo rigor com que trata seus pilotos. Outro fator que pode ter sido determinante foi a atuação do pai do espanhol, o tricampeão do Dakar Carlos Sainz, que teria contribuído para que o jovem piloto ficasse inquieto na Toro Rosso em 2017. Marko já fez críticas públicas ao bicampeão do WRC. 🗣"Não diria que é um pai político, mas é um daqueles que não olham para o todo objetivamente - o que é compreensível - e sempre fazem o que acha melhor para o filho. Não é um caso isolado e de longe não é o pior”

Apoiador e membro do BOTECO F1. Torne-se também um apoiador através do site Apoia.se. 🤗

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia