WILLIAMS pode PERDER PATROCINADORES em 2020
Por Sérgio Siverly em 09/01/2020, às 08h54

remove_red_eye  1434
Equipe de Grove teve um péssimo 2019 que pode gerar mais problemas para suas finanças nesta temporada.
Claire Williams admitiu que o seu time atingiu o fundo do poço em 2019, mas acredita que o sofrimento foi necessário para colocar as peças nos lugares certos. Com a saída de Robert Kubica, a equipe perdeu o patrocínio da PKN Orlen e há rumores de que a Rexona também deve retirar sua marca do carro em 2020. O acordo, segundo fontes, trazia em torno de 15 milhões para a fábrica de Grove, o segundo maior da equipe, perdendo apenas para a Rokit. A Williams também pode perder empresas menores como a Symantec, Omnitude e Tata. A situação parece piorar a cada momento e a diretora adjunta da equipe admitiu que uma temporada como 2019 não pode se repetir.
🗣“Não pode acontecer novamente. Às vezes, você precisa atingir o fundo do poço para saber quais são os seus problemas. Às vezes, você passa por situações como essa, mas na verdade, precisa entender o que está acontecendo no seu sistema para ter certeza.” Disse Williams para a Motorsport.com. 🗣“É preciso que ter um plano e um processo eficiente. Você pode varrer os problemas para debaixo do tapete como desejo de consertá-los, mas se não for até as raízes das causas, eles provavelmente, voltarão para te atrapalhar.” Williams disse que uma análise pós-testes foi um exercício útil. https://youtu.be/2iybTjO2FzE 🗣“Expôs todas as fraquezas que tínhamos e nos permitiu consertá-las. O time respondeu bem. Pode ser difícil para as pessoas serem abertas e honestas em situações como essa, mas nós encorajamos honestidade.”

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia