F1 monitora QUEIMADAS devido a GP da AUSTRÁLIA
Por Sérgio Siverly em 08/01/2020, às 18h54

remove_red_eye  822
Queimadas recordes na Austrália podem gerar no cancelamento de eventos ao ar livre.
A F1 e os organizadores do GP da Austrália estão monitorando os efeitos da queimada no país, algo que pode ameaçar a rodada de abertura da categoria. As queimadas que começaram há meses, fugiram do controle no final do mês passado, devastando terras, casas e vida selvagem, causando 25 mortes e destruindo grande parte da vida silvestre em New South Wales, Victoria e South Australia. Como efeito colateral, a cidade de Canberra, capital australiana, tem a pior qualidade de ar no mundo e as nuvens de fumaça estão indo em direção à Melbourne.
A qualidade do ar já está ruim e deve piorar até a próxima quinta-feira. Organizadores de eventos ao ar livre estão considerando o cancelamento de seus eventos, incluindo o Australia Open. A F1 deve montar uma série de iniciativas destinadas a angariar fundos para o país. Daniel Ricciardo já anunciou que irá leiloar o macacão utilizado na corrida e reverter os valores para organizações australianas.

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia