Wolff: "SCHUMACHER foi IMPORTANTE para MERCEDES"
Toto Wolff disse que Michael Schumacher foi essencial para o aumento de orçamento do time em 2013.
Por Sérgio Siverly em 03/01, às 14h15
Michael Schumacher deve ser creditado por parte do sucesso da Mercedes na F1, de acordo com o diretor da equipe, Toto Wolff. A Mercedes tinha um certo grau de competitividade ao retornar ao esporte em 2010, mas não possuía os recursos necessários para igualar os resultados dos rivais. O lobby intenso de Michael Schumacher, apoiado pelo diretor de automobilismo da Mercedes, na época, Norbert Haug, resultou em um aumento significativo no orçamento para 2013, quando Wolff assumiu o comando da equipe. https://youtu.be/5FGLd146cKU 🗣"O Michael tem uma grande participação no sucesso da Mercedes. Sem a visão de Norbert e Michael, nossa história de sucesso não teria existido. A mudança na percepção do conselho sobre nosso projeto ocorreu no final de 2012 e início de 2013." Disse Wolff ao Motorsport-Total. Em 2012, a Mercedes consultou Wolff - então acionista da Williams - sobre como colocar a equipe da fabricante no rumo das vitórias. 🗣"Como pessoa externa, me pediram para fazer uma comparação sobre se a organização e os recursos da equipe poderiam atender às suas próprias expectativas para vencer o campeonato mundial." https://youtu.be/Vh4IYzrYQiM 🗣"Havia uma lacuna entre suas expectativas e o que era realmente possível. O aumento do orçamento ocorreu em 2013.” 🗣“A visão que apresentei na época era: Ou continuamos do mesmo jeito, esperando por resultados entre o terceiro e o sexto lugar ou podemos dar um passo em direção à Red Bull.” 🗣“Então, achei que ao longo dos anos, com o novo regulamento de 2014, poderíamos lutar pelo campeonato mundial.”
Sérgio Siverly
O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.
BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2020