Red Bull F1 espera resolver os problemas da asa traseira antes do GP da Arábia Saudita
O chefe da Red Bull, Christian Horner, indicou que a equipe terá de resolver os problemas da asa traseira antes do GP da Arábia Saudita.
Por em 25/11, às 11h05
Ir para a notícia original

O chefe da Red Bull, Christian Horner, indicou que a equipe terá de resolver os problemas da asa traseira antes do GP da Arábia Saudita. A equipe suportou a quarta corrida consecutiva onde problemas com a asa traseira levaram a mudanças antes da qualificação para o GP do Catar, embora em Losail tenha sido um problema no DRS e não com rachaduras na própria asa.

As mudanças no Catar não prejudicaram a Red Bull, mas Horner insistiu que soluções seriam necessárias antes das duas últimas corridas do ano. “Acontece que era a nossa asa preferida e a direção de configuração que queríamos seguir. Se essas outras asas forem necessárias em Jeddah ou em Abu Dhabi, então precisaremos ter soluções para fortalecê-las, o mecanismo DRS”.

Quando questionado sobre se o problema era o DRS e se seria uma solução fácil se esse fosse o caso, Horner respondeu que espera resolver o caso. “Do ponto de vista da confiabilidade, esperamos que seja simples de resolver. São atuadores que usamos há muitos anos, então não é uma tecnologia nova”.

 

 


 

 

 


BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2021