Masi sugere potencial para comissários permanentes na F1
O diretor de corridas da FIA, Michael Masi, sugeriu que um painel de comissários permanente, poderia promover uma maior estabilidade nas decisões.
Por em 25/11, às 11h03
Ir para a notícia original

O diretor de corridas da FIA, Michael Masi, sugeriu que um painel de comissários permanente, poderia promover uma maior estabilidade nas decisões.

As críticas sobre as inconsistências aos comissários aumentaram recentemente, especialmente em relação a infração de Max Verstappen sobre Lewis Hamilton no Brasil, que ficou impune.

Isto foi em contraste com as decisões anteriores tomadas na Áustria, em particular, com penalidades aplicadas a Lando Norris e Sergio Perez por forçarem rivais a saírem da pista, da mesma forma que Verstappen fez com Hamilton em São Paulo.

Questionado sobre se um corpo permanente de comissários era viável, Masi respondeu: “A viabilidade é apenas uma parte, mas eu acho já ocorreram críticas sobre aqueles que operavam sob um painel de comissários permanente.”

“O formato que temos agora, com o conjunto de quatro presidentes que compartilhamos, com o conjunto de comissários pilotos, a maneira como os presidentes se reúnem regularmente, com todos os sistemas, precisamos dar um passo para trás e lembrar que é a primeira vez em muito tempo, que estamos em uma verdadeira luta pelo campeonato entre dois pilotos incríveis e duas equipes fantásticas.”

“Como comissário regulador, não há um no mundo que seja popular, independentemente de você ser um árbitro ou comissário de algum esporte. Isso faz parte do papel que cumprimos e forma a nossa perspectiva. Sempre haverá pequenas diferenças, mas no final do dia, os comissários estão lá para fazer isso.”

Dito a ele que essas pequenas diferenças são o ponto exato da conversa, Masi comentou: “Você precisa se lembrar, porém, que não pode ter duas ocorrências exatamente iguais, já que cada incidente é diferente. Todos eles têm pequenas nuances.”

“Todo mundo tenta encobrir os incidentes dizendo que eles são todos iguais, mas não são, e acho que é aí que, às vezes, a inconsistência percebida entra em ação. Mas a análise que entra em cada incidente é exatamente isso, e dar uma olhada em todas as circunstâncias”, acrescentou.

 

 


 

 

 


BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2021