Binotto explica estratégia da Ferrari no GP do Catar de F1
No último domingo (21), a Ferrari não teve seu melhor desempenho da temporada durante o Grande Prêmio do Catar.
Por em 24/11, às 11h05
Ir para a notícia original

No último domingo (21), a Ferrari não teve seu melhor desempenho da temporada durante o Grande Prêmio do Catar. A equipe italiana terminou com Carlos Sainz e Charles Leclerc em sétimo e oitavo lugar, respectivamente. Apesar disso, o chefe da equipe, Mattia Binotto, estava satisfeito com os pilotos.

Binotto explicou que enviou Sainz e Leclerc para a pista com uma mensagem clara. “Mandamos Carlos e Charles para a pista pedindo-lhes que dirigissem em um ritmo moderado para passar com apenas uma parada. Eles aderiram incondicionalmente a esse plano”.

“Só cerca de dez voltas antes do final, quando ficou claro para nós que chegaríamos ao final com o desgaste dos pneus, é que eles receberam o sinal verde para mais velocidade. Eu acho nossa abordagem estava certa”, disse o chefe de equipe ao site ‘Speedweek’.

Durante a corrida, Sainz e Leclerc estranhamente fizeram uma parada após o outro. Binotto revelou que houve um mal-entendido no momento. “Foi devido a um mal-entendido. Idealmente, Carlos poderia ter ficado à frente de Stroll e talvez tivesse a chance de atacar o quinto colocado Ocon no final da corrida. Nossos rapazes trocaram os pneus de ambos os carros em rápida sucessão e sem erros, que não é um dado adquirido”.

Com esses resultados, a Ferrari conseguiu se manter à frente da McLaren no Catar e, assim, garantindo uma vantagem maior no campeonato de construtores. A diferença entre as duas equipes é de 39,5 pontos, com duas corridas antes do final da temporada.

 

 


 

 

 


BOTECO F1
Todos os direitos reservados
2021