HAMILTON marca POLE e MERCEDES DOMINA em ABU DHABI
Por Sérgio Siverly em 30/11/2019, às 12h39

remove_red_eye  1231
Hamilton conquistou sua primeira pole em 10 corridas e tem uma boa estratégia para terminar o ano vencendo.
Lewis Hamilton começará a última corrida de 2019 da pole position, encerrando o intervalo de 10 fins de semana sem largar na posição de honra da F1. A Mercedes fechou a primeira fila na classificação, mas Valtteri Bottas, terá que largar no final do pelotão por causa de uma penalidade por troca de componentes. Max Verstappen, que se classificou em terceiro, começará a corrida ao lado de Hamilton. A sessão não foi boa para a Ferrari. Charles Leclerc não conseguiu abrir sua última volta depois de ficar atrás do companheiro de equipe, Sebastian Vettel. Já o tetracampeão teve um momento na última curva quando perdeu a traseira de seu SF90 e rodou na linha de chegada pouco antes de abrir sua primeira volta rápida.
Ainda no Q1, a Toro Rosso liberou o carro de Daniil Kvyat de forma perigosa, forçando Romain Grosjean a desviar para evitar uma colisão. A equipe italiana foi multada em 5 mil Euros pelo lance. O destaque da primeira sessão foi o feito de George Russell que conseguiu se classificar em todas as corridas da temporada à frente do companheiro de equipe, Robert Kubica. No Q2, a Mercedes passou, sem dificuldades, para a próxima sessão com pneus médios, dessa forma, largam com uma boa estratégia na corrida. Já os pilotos da Ferrari adotaram uma abordagem diferente.
Ambos marcaram tempos com pneus macios no início, mas Leclerc escolheu médios para sua última volta e marcou o melhor tempo do Q2. Já Albon - que reclamou que sempre tem que deixar os boxes antes de todo mundo, perdendo assim, o benefício do vácuo, seguiu o caminho inverso, passando de médios para macios na última tentativa. Lando Norris terminou em sétimo, vencendo assim, a disputa com Carlos Sainz em classificações na temporada (11x10), seguido por Daniel Ricciardo, Carlos Sainz e Nico Hulkenberg, que se prepara, para sua última corrida na categoria, ao menos, por agora.

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia