"GP BRASIL FICA em SÃO PAULO ou NÃO FICA na F1"
Por Sérgio Siverly em 25/11/2019, às 13h49

remove_red_eye  1716
Tamas Rohonyi não acredita que o Rio de Janeiro consiga construir um autódromo em 16 meses para a F1.
O promotor do GP Brasil, Tamas Rohonyi, está confiante de que a etapa da F1 permanecerá em Interlagos, dispensando a mudança para o Rio de Janeiro à partir de 2021. A cidade do Rio fez uma oferta para sediar o GP Brasil em um novo circuito com o empreendimento recebendo o apoio do presidente do país, Jair Bolsonaro, que chegou a confirmar a mudança. No entanto, São Paulo está ansiosa para continuar sendo a casa do GP Brasil com Rohonyi questionando a viabilidade dos planos do Rio. https://youtu.be/aUCwft4gM0I 🗣"Ou a F1 permanece aqui ou não haverá GP Brasil. Não faço comentários sobre o Rio de Janeiro que não conheço, mas o que sei é que existe uma área florestal que permanece assim até agora.” Disse Rohonyi à Autosport. 🗣"Eu acho que é fisicamente impossível que um evento internacional aconteça no Rio em 2021, mas há pessoas que não concordam com isso. O Rio se tornou uma opção por causa do apoio do presidente e Bolsonaro tinha Chase Carey ao seu lado quando disse que a F1 estava com 99% de chance de voltar ao Rio de Janeiro. Hoje ele não diz isso.” Rohonyi acredita que o presidente do Brasil colocou a carroça à frente dos bois devido à mal aconselhamento. https://youtu.be/N_6ZmkYd1lw 🗣"Ele foi mal aconselhado, pois não havia razão para dizer isso. Para aqueles que querem sediar um GP de F1 em 2021, você precisa ter a pista pronta em maio de 2021. Estamos no final de 2019, então, você tem 16 meses para isso.” O atual contrato de Interlagos com a Liberty Media expira no final do próximo ano, mas Rohonyi espera garantir um contrato de dez anos com a F1 nos próximos meses. 🗣"É cada vez mais difícil trabalhar com contratos de curto prazo. As grandes empresas fazem planejamento a longo prazo. A Heineken, por exemplo, tem seu maior mercado no Brasil e eles não trabalham em termos de dois ou três anos".

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia